MARIO DOS SANTOS

FUNDADOR

Mário dos Santos, português da Cidade de Vagos, distrito de Aveiro, nasceu em 18 de abril de 1938, naturalizou-se Brasileiro em 1951, estabelecido em Cubatão, teve três filhas, Andréa, Luciana e Lívia.

Operário da Refinaria Presidente Bernardes/Petrobrás – Cubatão, Mário dos Santos tornou-se cidadão cubatense, no ano de 1971, por reconhecimento da Câmara Municipal de Cubatão, em nome da comunidade.

Participou ativamente da vida esportiva e social da cidade, como presidente de vários conselhos deliberativos, agremiações, sociedades de melhoramentos, entre outras, criando a maioria dos Estatutos Sociais dessas entidades, recebendo assim, o apelido de “Mário Estatuto”, porém o seu maior orgulho foi o de presidir o Conselho Deliberativo e a própria Associação Brasileira de Patrulheirismo.

Mário colaborou ainda com várias instituições no Litoral Paulista e outras regiões do País, defendendo com galhardia e tenacidade a causa da criança e do adolescente.

Foi comissário do Juizado de Menores da Comarca de Santos e posteriormente, comissário chefe em Cubatão. Além disso, o visionário português também exerceu cargos públicos na Prefeitura Municipal de Cubatão.

DIRETORIA EXECUTIVA

Presidente
Alex Ferreira dos Santos
1º. Vice-presidente
Arlindo Ferreira
Diretor Secretário
Edmar Lima de Souza
Diretor Secretário Adjunto
Irineu dos Anjos
Diretor Financeiro
Cicero João da Silva Junior
Diretora Financeira Adjunta
Maria Érica Batista dos Santos
Diretor de Patrimônio
Manoel Tavares Pinho Filho
Diretor de Patrimônio Adjunto
Claudionor Lúcio da Silva
Diretor Jurídico
Ialis da Silva dos Santos
Diretor de Comunicação Social
Daniel de Carvalho Ferreria
Diretor Cultural
Flávio Augusto de Souza
Diretor de Esportes
Ariovaldo Vanderlei Benedito Salomé