Histórico

O Centro de Aprendizagem Metódica e Prática "Mário dos Santos", Entidade de caráter beneficente, com atuação na área de assistência social, foi fundado em 1º de setembro de 1971 pelo português Mário dos Santos e a colaboração de mais 60 personalidades importantes do município de Cubatão. Anteriormente, denominado Círculo de Amigos do Menor Patrulheiro de Cubatão, iniciou suas atividades seguindo o exemplo das ações promovidas pelo Juiz de Direito da cidade de São Carlos, no interior de São Paulo, senhor Marino da Costa Terra, cujo propósito era reduzir a ociosidade dos jovens, ofertando uma formação cidadã.

As ações da Entidade ganharam notoriedade e agregaram diversos parceiros dos setores público e privado, que juntos ao CAMP de Cubatão proporcionaram aos adolescentes oportunidades para se desenvolverem socialmente e profissionalmente.

O CAMP desenvolve ações socioassistenciais, ofertando atendimento no âmbito da proteção básica, de forma planejada, continuada, permanente e integralmente gratuita para os usuários e articulada com as demais políticas públicas, atua eficazmente na prevenção e no enfrentamento das vulnerabilidades e riscos existentes no Município de Cubatão que atingem diretamente as crianças, adolescentes e jovens.

As ações dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e dos Programas de Socioaprendizagem são amplamente reconhecidas pela sociedade, órgãos públicos, privados e principalmente pelos usuários e famílias atendidas que reconhecem e valorizam as ações desenvolvidas pela Entidade e as contribuições para que os mesmos possam construir e reconstruir suas histórias de vida.

O CAMP conta com uma equipe de colaboradores multidisciplinar, composta por assistentes sociais, psicólogo, pedagogos, educadores, nutricionista, equipe administrativa e de apoio. Todos trabalhando vigorosamente para atingir e concretizar a missão, visão e valores da Entidade e proporcionar aos atendidos o exercício da cidadania.

A Entidade mantém ativa sua inscrição e de suas ações socioassistenciais no Conselho Municipal de Assistência Social de Cubatão, participando de forma ativa e regular das reuniões e movimentos promovidos; registro no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cubatão, representando neste, como titular, o segmento criança e adolescente; validação dos programas de aprendizagem no Cadastro Nacional da Aprendizagem Profissional junto ao Ministério do Trabalho; integra o Cadastro Nacional de Entidades de Assistência Social (CNEAS); compõe a Rede Socioassistencial do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e o Sistema de Garantia de Direitos (SGD).

Atualmente o CAMP de Cubatão tem sua diretoria executiva presidida por Arlindo Fagundes Filho, que juntamente com os demais diretores e conselheiros conduzem a Entidade.

Diretoria Executiva

Presidente - Arlindo Fagundes Filho
1º. Vice-presidente - Alex Ferreira dos Santos
2º. Vice-presidente - Arlindo Ferreira
1ª. Secretaria - Francisca Maria Pereira Lima
2° Secretário - Irineu dos Anjos
1º. Tesoureiro - Cicero João da Silva Junior
2º. Tesoureiro - Luiz Rogério de Azevedo Silveira
Diretor de Patrimônio - Antonio Vieira dos Santos
Diretora de Relações Públicas - Maria Érica Xavier Batista
Diretora Social - Erenita Maria Barbosa

Mário dos Santos - Fundador

Mário dos Santos, português da Cidade de Vagos, distrito de Aveiro, nasceu em 18 de abril de 1938, naturalizou-se Brasileiro em 1951, estabelecido em Cubatão, teve três filhas, Andréa, Luciana e Lívia.

Operário da Refinaria Presidente Bernardes/Petrobrás – Cubatão, Mário dos Santos tornou-se cidadão cubatense, no ano de 1971, por reconhecimento da Câmara Municipal de Cubatão, em nome da comunidade.

Participou ativamente da vida esportiva e social da cidade, como presidente de vários conselhos deliberativos, agremiações, sociedades de melhoramentos, entre outras, criando a maioria dos Estatutos Sociais dessas entidades, recebendo assim, o apelido de “Mário Estatuto”, porém o seu maior orgulho foi o de presidir o Conselho Deliberativo e a própria Associação Brasileira de Patrulheirismo.

Mário colaborou ainda com várias instituições no Litoral Paulista e outras regiões do País, defendendo com galhardia e tenacidade a causa da criança e do adolescente.

Foi comissário do Juizado de Menores da Comarca de Santos e posteriormente, comissário chefe em Cubatão. Além disso, o visionário português também exerceu cargos públicos na Prefeitura Municipal de Cubatão.

Estatuto do CAMP Cubatão

Clique aqui.

CAMP Cubatão

Rua José Vicente, 440 - Sítio Cafezal - Cubatão

Telefones: (13) 3361-1285 / Vivo 9 9665 0468 / Oi 9 8821 0428

Horário de Atendimento: das 08h às 17h